25 de out de 2010

Proteja-se!!

Todo mundo sabe que temos que usar SEMPRE o protetor solar, mas pra falar bem a verdade, poucas pessoas que eu conheço mantêm esse hábito fora do verão.

É comprovado que não devemos usar o protetor somente quando vamos tomar banho de sol ou vamos para a praia, mas todos os dias, independente se está fazendo sol ou chovendo.

Como eu sou uma pessoa extremamente branca e tenho casos na família de câncer de pele, eu uso todo o dia protetor solar fator 50 nas partes que ficam expostas não só ao sol, mas a claridade também.

Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil o câncer mais freqüente é o de pele, que corresponde a cerca de 25% de todos os tumores diagnosticados em todas as regiões do país.

Isso acontece devido à radiação ultravioleta natural que o sol emite, como nosso país tem uma grande quantidade de praias e a idéia de beleza ainda está associada ao bronzeamento, principalmente entre os jovens, a exposição diária sem proteção acaba por fazer esse índice cada vez mais alto.

O que é muito importante que todos entendam é que a função do filtro solar é de reduzir os efeitos nocivos da radiação ultravioleta do sol, tendo ação preventiva para queimaduras solares, câncer e envelhecimento provocado pela exposição dos raios solares.

Também não adianta sair por ai comprando qualquer protetor solar, então ai vão algumas dicas:

- O protetor ou filtro solar, deve ter proteção contra os raios UVA e UVB, resistir bem à água e ao suor e o fator de proteção deve ser no mínimo de 15 para realmente proteger a pele;

- Para cada tipo de pele tem um tipo de protetor: peles secas combinam com texturas cremosas que além de proteger já hidratam; peles oleosas são compatíveis com loções e gel que não obstruem os poros; pessoas com peles sensíveis e crianças devem usar produtos hipoalergênicos, sem fragrância ou corantes e livres de ácido 4-aminobenzóico (PABA);

- Na praia ou praticando esportes, use sempre chapéu, óculos escuros e lembre-se sempre de reaplicar o produto a cada duas horas, depois de exercícios físicos ou mergulhos e estar com a pele seca;

- Evite o sol entre as 10h e 15h e se estiver exposto entre esses horários, use uma camiseta de cor clara (reflete os raios solares) e fique na sombra ou em baixo de um guarda-sol;

- Aplique o protetor pelo menos 30 minutos antes de se expor ao sol;

Me queimei! E agora? Agora chora... (brincadeira)

Se chegar a ter queimaduras daquelas vermelhas, mas que dá pra encostar, beba muita água e aplique um produto pós-sol para aliviar e hidratar a pele, agora se fizer bolha e o incômodo for muito que nem dá pra colocar uma camiseta, você realmente fez bobagem! Aplique um produto indicado para queimaduras que se vendem em farmácias, nada daquelas pastas caseiras e se a dor for muita, procure um médico.

Tem momentos que temos que pensar em nós, na nossa pele e na nossa saúde, muitas vezes eu vi amigas minhas ficarem deitadas no sol sem nenhuma proteção em busca de um bronzeado perfeito, porém o que temos que nos lembrar é que todos nós vamos envelhecer (minha amada nona sempre dizia que “quem não morrer jovem, vai ficar velho”).

Claro que agora, com vinte e poucos anos, podemos não ver nada de diferente na gente, mas quando chegarmos na maturidade, estaremos cheias de RUGAS, manchas e outras marcas que poderíamos ter evitado se tivesse demorado 5 minutos a mais todos os dias para sair de casa.

Esse assunto vale a reflexão de todos nós e, na minha opinião, o governo deveria investir em programas educacionais voltados para esse assunto, pois esse índice vai continuar aumentando se nada for feito.

0 comentários: